Gratidão e Renovação

29 05 2007

por Antonio Francisco

A Juventude Reencontro tem vivido uma boa fase, graças a Deus. Há quase um ano o Pr. Rogério assumiu a liderança dessa turma e fez um bom trabalho. Trouxe um novo dinamismo aos nossos jovens. Agora ele está saindo para um ministério mais abrangente que é pastorear uma igreja como titular de todo o rebanho. Quero, em nome de nossa JR – Juventude Reencontro, agradecê-lo juntamente com Wélissa pelo apoio e contribuição que deram ao ministério de nossa igreja, com os jovens, com a dança e o louvor. Que o nosso bom Deus os abençoe ricamente nesse novo tempo de trabalho no serviço do Senhor Jesus Cristo. Que ele mesmo os abençoe e use poderosamente. Amém.

Com a mudança do Pr. Rogério comecei a buscar e esperar uma orientação do nosso Deus quanto à liderança da mocidade. Sinto que devo liderar nossa juventude nesse primeiro momento, assumindo a direção das reuniões de sábado. Creio que estamos iniciando um novo tempo de continuidade, renovação e crescimento na JR. Conto para isso com a disposição de cada jovem. Quero fazer um trabalho bem interativo, com a graça do nosso bom Deus. A Bíblia diz: “Jovens, eu lhes escrevi, porque vocês são fortes, e em vocês a Palavra de Deus permanece e vocês venceram o Maligno” (1 Jo 2.14). Deus nos ajude.

Anúncios




Exemplo para os fiéis

28 05 2007

por Antonio Francisco


“Ninguém o despreze pelo fato de você ser jovem, mas seja um exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé e na pureza” (1 Tm 4.12).

Timóteo era um jovem pastor. Devia ter uns trinta anos de idade. Naqueles dias parecia ainda ser uma pessoa jovem. Por isso, era fácil de ser desprezado pelas pessoas mais maduras que ele. Paulo o orienta para que se comportasse de tal maneira que, mesmo sendo jovem, ninguém o desprezasse. Ele deveria ser uma pessoa que servisse de exemplo entre aqueles que já tinham uma boa conduta. Ser exemplo entre os piores não é muito vantajoso. O desafio é ser modelo para os melhores. Esse deve ser o objetivo de todos que procuram agradar a Deus. Paulo aponta cinco áreas onde Timóteo deveria ser exemplo:

1. Palavra. Timóteo deveria ser um exemplo na sua conversação. Ele não deveria ser encontrado com conversas tolas, fúteis e inconvenientes. Ele tinha que zelar do bom nome de cristão. Isso é muito atual. É muito comum encontrar pessoas com piadas indecentes, e conversas que não levam a nada. O cristão deve ter uma conversa agradável e edificante.

2. Procedimento. A conduta de Timóteo deveria ser modelo. Ele deveria cuidar de todo o seu estilo de vida. Seus relacionamentos, seus negócios, suas decisões, seu modo de vestir, suas escolhas, o uso de seu tempo, seu lazer, suas leituras, sua saúde. Enfim, como ele, nós também devemos ser conhecidos como pessoas que ninguém pode acusar de nada.

3. Amor. Nada é mais agradável do que uma pessoa amável. Timóteo trabalhava com pessoas. Ele vivia se relacionando com jovens e adultos, homens e mulheres. Ele deveria amar a todos indistintamente. Hoje vivemos numa sociedade grosseira. Precisamos de pessoas que saibam mostrar amor como um estilo de viver em tudo que fazem.

4. Fé. A incredulidade é a marca da juventude moderna. Para muitos jovens confiar em Deus é caretice. A tecnologia e o espírito da pós-modernidade têm cegado multidões que há muito perderam o referencial cristão de fé em Deus e confiança em Jesus como Senhor e Salvador pessoal. Você e eu devemos ser pessoas de fé, que motivam para a fé em Jesus.

5. Pureza. A imoralidade está no ar. Em quase tudo está a presença da imoralidade e da pornografia. Timóteo era um jovem solteiro. Por causa disso, certamente era mais vulnerável na área do sexo. Paulo o exorta para ser um exemplo de pureza em seus relacionamentos com o sexo oposto. Precisamos tomar decisões nessa área para fugir da imoralidade.

Que cada um de nós esteja determinado a viver segundo os padrões que Deus tem estabelecido para nós em sua Palavra, a Bíblia.